Blogueira literária, apaixonada por livros, filmes, séries e outras coisinhas da cultura nerd. Responsável pelo projeto F.A.L.E. e pela revista Jovem Geek. Autora no Nyah, Spirit e Wattpad. Auxilia na revisão de originais e suporte a autores iniciantes.

15 de dez de 2014

Resenha - A Sociedade do Anél

3º livro da #MaratonaLiteráriaToDeFérias

Muitas pessoas disseram, dizem e ainda irão dizer que O Senhor dos Anéis é chato. Que é um livro pesado, grosso, massante, tedioso, insuportável de ler. Que o autor não tem ritmo. Que ele exagerou nos detalhes, que é muito difícil entender a saga. Concordo com essas pessoas. E tenho pena delas.

Quando você está acostumado com a linguagem de livros como Percy Jackson, Harry Potter e até mesmo Jogos Vorazes - não que isso seja ruim, sou fã de ambas as sagas - você se assusta com a linguagem que Tolkien impregnou em seus livros.

Não é qualquer um que pode pegar um livro dele e sair lendo, seus livros não são pra qualquer um. Cada autor tem seu estilo próprio de escrita, mas o que faz Tolkien se diferenciar de tantos é que a maioria dos autores criam um mundo dentro do nosso. O que é maravilhoso e encantador, mas Tolkien criou um universo, um mundo inteiro diferente do nosso.

Ele criou línguas, lugares, seres, histórias épicas. É uma obra profunda, extensa e detalhista? Talvez. Ele descreve como uma gota d'agua está caindo. Mas é tão fascinante a forma que ele conduz a narrativa que você consegue ver o que está lendo. Não é a toa que é um dos livros mais consagrados da história.

Traduzida para mais de 40 idiomas e com uma das adaptações cinematográficas que mais recebeu prêmios. O que tem nessa obra para ser tão comentada e amada por tantos fãs?

Nas palavras do romancista Richard Hughes :

"Quanto à 'amplitude' imaginativa, a obra praticamente não tem paralelos e é quase igualmente notável na sua vividez e na habilidade narrativa, que mantêm o leitor preso página após página".

 Um Anel para todos governar, um Anel para encontrá-los
Um Anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los

Antes de prosseguir, gostaria de deixar claro algumas coisas. O nome do lugar onde se passa essa história é Terra Média - terra antiga e fictícia criada por J.R.R.Tolkien. Os principais seres presentes na trilogia O Senhor dos Anéis são :



  • Elfos: Seres imortais e quase perfeitos, os mais belos e sábios da Terra Média. Estão divididos em "povos" com tradições, conhecimentos e culturas distintas. São imberbes e mantém eternamente sua juventude. Apesar de não envelhecerem, podem ser assassinados ou sofrer acidentes.
  • Homens: Seres de curta vida, frágeis se comparados aos elfos, possuem coração nobre e estão sujeitos a doenças e velhice, somente aos da linhagem de Elros foi concedida vida longa, cerca de 400 anos. 
  • Orcs: Elfos que foram torturados e amaldiçoados por Morgoth até darem origem aos Orcs, raça grotesca e de comportamento bárbaro, servem e fazem parte do escuro. Possuem linhagens assim como os elfos, um exemplo são os Uruk-hai. 
  • Goblins: Criaturas muito parecidas com os orcs em corpo e perversidade, porém mais fracas, vivem em cavernas, por isso o conflito intenso com anões. 
  • Nazgûl: Espectros de antigos Reis dos Homens que caíram nas Trevas e agora exercem a vontade de Sauron. 
  • Anões: Seres de longa vida se comparada à dos Homens. Costumam viver em cidades sob as montanhas por causa de seu grande amor por minérios e escavação. São seres pequenos porém resistentes, não ensinam sua língua à outros povos.

Sinopse

Numa terra fantástica e única, chamada Terra-Média, um hobbit recebe de presente de seu tio o Um Anel, um anel mágico e maligno que precisa ser destruído antes que caia nas mãos do mal. Para isso o hobbit Frodo terá um caminho árduo pela frente, onde encontrará perigo, medo e personagens bizarros. Ao seu lado para o cumprimento desta jornada aos poucos ele poderá contar com outros hobbits, um elfo, um anão, dois humanos e um mago, totalizando 9 pessoas que formarão a Sociedade do Anel."

 

 "A Sociedade do Anel" é a primeira parte da grande obra de ficção fantástica de J. R. R. Tolkien, "O Senhor dos Anéis". É impossível transmitir ao novo leitor todas as qualidades e o alcance do livro. Alternadamente cômica, singela, épica, monstruosa e diabólica, a narrativa desenvolve-se em meio a inúmeras mudanças de cenários e de personagens, num mundo imaginário absolutamente convincente em seu detalhes. 

Tolkien criou em "O Senhor dos Anéis" uma nova mitologia, num mundo inventado que demonstrou possuir um poder de atração atemporal.

Componentes da Sociedade




Frodo Bolseiro – Raça Hobbit, sobrinho de Bilbo Bolseiro e portador do Um Anel. 

Samwise Gamgee (Sam) – Raça Hobbit, nomeado companheiro de Frodo 

Peregrin Took (Pippin) – Raça Hobbit, amigo inseparável de Merry 

Meriadoc Brandybuck (Merry) – Raça Hobbit, amigo inseparável de Pippin 

Boromir – Raça Humano, filho mais velho de Denethor II, atual Regente de Gondor 

Aragorn – Raça Humano (descendência Dúnedain), Herdeiro de Isildur, também chamado de Passolargo (Strider) 

Legolas – Raça Elfo, filho de Thranduil o rei da Floresta das Trevas 

Gimli – Raça Anão, filho do anão Glóin e descendente remoto de Durin, o Imortal. (Glóin foi um dos companheiros de Bilbo Bolseiro na aventura que se passa em O Hobbit). 

Gandalf – O Mago que muito sabe e muito tenta saber sobre a guerra do Anel. Raça… mais para frente vocês saberão.

Pra quem tem preguiça de ler o livro ou ver os filmes recomendo o vídeo abaixo :


Recomendo a leitura do livro O Hobbit, história que acontece 60 anos antes de A Sociedade do Anél. Clique Aqui para ler a resenha.

Frases do livro A Sociedade do Anel


“Você pode encontrar as coisas que perdeu, mas nunca as que abandonou.”
"Prefiro compartilhar uma vida com você a encarar sozinha todas as Eras deste mundo.”
“Não devemos nos questionar porque algumas coisas nos acontecem e sim o que podemos fazer com o tempo que nos é dado”
“Até mesmo a menor das criaturas pode mudar o rumo do mundo.”

2 comentários:

O que achou desse post? Encontrou algum erro ortográfico? Não deixe de comentar! Sua opinião é muito importante pra nós.
Não tem conta no google? Não tem problema.
Escolha a opção nome/url e coloque seu nome.
Volte sempre.

Sobre Nós

Blog literário criado por Thainá dos Santos e administrado com a colaboração da Emily Araújo.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *